Blog da CRV

junho 4, 2020

< A importância do corretor na hora de comprar ou vender um imóvel

Você deseja comprar um imóvel? Ou, resolveu vender algum? Então, basta escolher em quais meios anunciar. Ou, se vai comprar, onde procurar por imóveis a venda. Fácil, certo? Errado. Comprar ou vender um imóvel não é tão simples como parece, pois os aspectos envolvidos nesse tipo de transação é muito grande, sem falar nos detalhes que podem passar despercebidos.

Antigamente, não havia tantas ofertas e era bem mais fácil de comprar ou vender um imóvel. Hoje em dia, uma plaquinha na porta do imóvel a venda é muito pouco, é necessário anunciar em sites e plataformas onde as pessoas interessadas realmente procuram. E, uma vez anunciado, é só o começo de todo um processo.

Se você está vendendo um imóvel, precisará de tempo disponível para mostra-lo às pessoas interessadas, lembrando que serão muitas até encontrar um comprador. Já se você estiver comprando, também precisará ter bastante tempo disponível para pesquisar anúncios e para visitar os imóveis até encontrar um que lhe agrade e esteja dentro do seu orçamento. Tempo disponível é algo meio complicado hoje em dia, não é mesmo? Sua melhor opção é ter um corretor imobiliário. Ele ficará à disposição e intermediará toda a negociação, dessa forma você só precisará comparecer quando o corretor evidenciar a possibilidade de concretizar o negócio. Se você é comprador, o corretor só lhe chamará para ver um imóvel quando for algo como o que você procura, evitando deslocamentos desnecessários.

Outra vantagem de poder contar com um corretor é que ele tem conhecimento necessário para atestar o estado do imóvel, realizando uma análise detalhada dos componentes da estrutura, como instalações hidráulicas e elétricas, pintura, piso, portas, janelas, etc.

Com sua formação técnica e também sua experiência, o corretor possui as ferramentas necessárias para avaliar e estipular quanto o imóvel vale. Dessa forma, protege tanto o comprador como o vendedor. Pois, o comprador não corre o risco de adquirir um imóvel superfaturado e o vendedor não receberá um valor aquém do de mercado.

E, a parte mais delicada desse tipo de transação, com certeza se refere à documentação. Pois, uma negociação que já parecia fechada pode até ser invalidada por falta ou documentos errados. O corretor poderá ajudá-lo a tirar certidões e demais documentos necessários em cartório, evitar cláusulas abusivas que poderiam trazer prejuízos futuros e apontar as melhores oportunidades até a concretização do seu objetivo.


Categorias:

Deixe o seu comentário!